Make your own free website on Tripod.com

 

Te amei loucamente

Não sei se foi amor ou paixão
Só sei que esse sentimento que nos unia
era intenso.
Esquecia o mundo, esquecia a vida
quando ao teu lado estava.
Mas nada era tão importante quanto estar contigo e
viver intensamente
aquela loucura maravilhosa.

Eu sorria pela rua, relembrando os nossos
momentos de pleno amor e paixão
aqueles momentos de enlevo, esquecimento
e prazer intenso.
O resto do mundo era esquecido por mim
eu queria provar cada sensação
como se fosse a última.

Por que foste arrancado de mim?
Por que esse sofrer interminável?
Por que essa sensação de vazio, de dor, de solidão?
Que entranha em minha alma sem pedir permissão
e penetra no meu coração como um punhal afiado
permitindo assim essa tristeza interminável.

Mas, hoje, apenas lembranças fugazes
lembranças daqueles bons momentos
Tristeza e sofrimento esquecidos estão.

Aquela mesma janela que eu não abria, pois o
mundo exterior não me interessava,
abriu-se então, surgindo o Sol, a Vida que eu
não queria ver, pois só me interessava viver aquela
louca paixão.

Quando inicia uma pontinha de tristeza
olho pela janela, e vejo a Vida em tudo, o amor e
a alegria lá estão, então como num passe de mágica
a felicidade toma conta do meu ser.

Adeus tristeza, adeus solidão, adeus dor
agora tenho um novo amor, esse amor de porto seguro
esse amor que jamais me abandonará
E sei que jamais estarei só.
Esse amor que é a Vida - eu a tinha colocado de lado.
Agora vivo cada momento
com muita intensidade, e aproveito ao máximo
essa vida outrora esquecida.

Marilda Flores


.sonhosdalua.tripod.com.br
Ao repassar  mantenha os créditos
Lei Nº 9.610 de 19/02/1998 dos direitos autorais